1 1
Hortaliças: Alta na renda e saúde elevam o consumo

Oferta de frutas e produtos hortícolas cresce com maior interesse dos supermercadistas.

Em dez anos, a produção brasileira de hortaliças cresceu quase 7 milhões de toneladas, para perto de 20 milhões, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por trás desse crescimento está a maior adoção de tecnologia no campo, mas também o aumento no consumo.

De um lado, os supermercados perceberam a importância de investir no segmento chamado de FLV (frutas, legumes e verduras), que traz o consumidor à loja com mais frequência. De outro, a preocupação com a saúde e o aumento da renda média da população estimularam a busca por esses alimentos. "Nos últimos 18 a 24 meses, o segmento de sementes de hortaliças vai muito bem", avalia o consultor especializado Márcio Nascimento, responsável por um projeto de aumento de consumo da Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (ABCSEM).

O bom momento está ligado a uma profissionalização do setor, e também à melhoria da rentabilidade de grandes culturas agrícolas como a soja. "Sempre que os grandes cereais vão mal alguns produtores tentam a sorte nas hortaliças, elevando a oferta e reduzindo os preços", explica o diretor de hortaliças da Monsanto, Álvaro Peixoto. Foi o que aconteceu com a crise de 2005 e 2006 na soja e no milho. Só em 2008, segundo o executivo, é que o mercado de hortaliças começaram a se recuperar.

Consumo

O baixo consumo per capita do país é visto como oportunidade. "O brasileiro consome mais carne bovina do que hortaliças, o que é um contrasenso", diz Peixoto. Segundo ele, no Brasil o consumo é de cerca de 45 quilos anuais por habitante, contra uma recomendação de 145 quilos por habitante da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU).

Ainda é uma distância grande, e um dos caminhos para diminuí-la está no desenvolvimento de variedades mais resistentes e duradouras de hortaliças. Isso porque as perdas entre as lavouras e a mesa dos consumidores são muito grande. Considerando uma produção de 19,3 milhões de toneladas de hortaliças em 2008, segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a disponibilidade total seria de 104 quilos por habitante. "Talvez haja algum vácuo que não está sendo monitorado entre os números de produção e consumo, mas as perdas são de fato muito grandes", diz Nascimento.

Fonte: Jornal Brasil Econômico / Portal Notícias Agrícolas

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2019 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda