1 1
Hábito de tocar alimentos na hora da compra causa prejuízo a supermercados

De acordo com nutricionista, é possível escolher produtos sem estragá-los

O hábito de muitos consumidores de tocar os alimentos antes de escolher o que será comprado é muito comum, mas pode trazer grande prejuízo aos supermercados. Isso porque quando são manipulados, os produtos podem estragar e são jogados no lixo pelos estabelecimentos. Um desperdício que podia ser evitado com educação do consumidor.

Mas existe uma forma de comprar alimentos, como frutas e legumes, sem colocar as mãos no produto? Segundo a nutricionista Ruth Lizzarraga, é possível sim. A observação dos diferentes tipos expostos, analisando as características do que será comprado.

Confira as dicas da nutricionista:

Tomate: a presença do talo preserva o alimento por mais tempo e evita contaminações. Outra dica é não apertar os alimentos, porque isso impacta na fruta e ela estraga com mais rapidez.
 
Cebola: as melhores são as que estão bem firmes, sem pontos amassados ou úmidos, e com casca mais fina. Não tire a casca exterior para guardar: a cebola se conserva melhor com ela.

Batata: Prefira as que não tenham furos, brotos já nascendo ou manchas esverdeadas. Essas já passaram do ponto ou ainda não estão maduras, boas para preparar.

Mandioca: Apesar de ser uma raiz, na hora de ser escolhida, a mandioca deve ser firme, mas ceder um pouco à pressão dos dedos. Essas são as que se soltarão mais facilmente da casca e renderão melhores receitas.

Maçã: O pecado ao escolher maçãs é não verificar bem a casca. Um amassado externo pode resultar numa polpa amolecida e escura, ruim de comer. Sinta a fruta delicadamente com a mão para checar essas batidas indesejáveis, e prefira sempre as maçãs com cabinhos.

Laranja e limão: No caso dos cítricos, primeiro é bom checar o peso, um bom indicativo de que a fruta está com bastante suco. A casca também é importante: ela deve estar fina e lisa, sem machucados. Não há a necessidade de apalpá-las para serem escolhidas. Em uma boa observação, é possível levar um produto bom pra casa.

Banana: O odor da banana diz muito sobre ela. O cheiro muito forte indica uma fruta que já está muito madura e em vias de ficar passada. Como normalmente a compra é feita por cachos, prefira as mais amarelas ou até mesmo esverdeadas. Assim a última do cacho também ficará boa para consumo, sem estragar ao longo dos dias.

Berinjela: A casca da berinjela precisa estar lisa e brilhante, sem nós ou manchas claras. Sinta a fruta levemente com as mãos, sem apertar: a berinjela é normalmente leve, mas ela precisa estar bem firme.

Abobrinha: Prefira as abobrinhas que sejam de médias para pequenas, pois essas são mais novas e frescas. Elas não devem ter machucados ou avarias na casca, pois isso contamina o alimento por dentro.

Fonte: EPTV

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2019 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda