1 1
Prefeitura incentiva agricultor rural com convênio da merenda escolar

Foto: da direita para esquerda: prefeito de Petrópolis, Paulo Mustrangi; o relações corporativas da Agristar do Brasil, Vitor Hugo Soares Müller; o secretário de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Agricultura (STA), Nelson Sabrá (Créditos: divulgação)

A partir do mês de agosto, 21 agricultores familiares de Petrópolis irão fornecer mais de 90 toneladas (90.743kg) de produtos nesse semestre, entre legumes, verduras e raízes, para as 184 escolas e creches do município, com uma demanda de R$ 150 mil, seguindo a tabela de preços médios da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Para que esse incentivo ao pequeno produtor se tornasse realidade, o prefeito de Petrópolis Paulo Mustrangi; o secretário de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Agricultura (STA), Nelson Sabrá; o secretário interino de Educação, João Carlos Raeder; e presidente da Associação dos Produtores de Hortifrutigranjeiros do Estado do Rio de Janeiro (Apherj) Seção Petrópolis, Justo Mesquita da Costa, assinaram hoje (28), Dia do Agricultor, o convênio que possibilita o fornecimento dos produtos, em solenidade realizada na Subprefeitura dos Distritos, no Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava.

“Estamos, na verdade, criando uma aliança entre a cidade e o campo para valorizar o trabalhador rural e o que é produzido por ele no município. É uma parceria que irá incentivar o aumento da produção e a diversificação dos produtos cultivados. Além disso, ainda vamos levar esses produtos frescos direto do campo para os nossos alunos”, declarou o prefeito Paulo Mustrangi.

O subprefeito Oswaldo Costa Frias destacou o interesse do governo municipal em desenvolver ações em prol dos trabalhadores rurais. “São eventos como esse que mostram como essa administração está respondendo a renovação. Os agricultores tiveram força e perseverança porque há muito tempo estão buscando essa parceria com o governo municipal que hoje se torna realidade”, afirmou.

Governo municipal investe na geração de emprego

O secretário da STA, Nelson Sabrá, fez questão de lembrar como o município está investindo na geração de emprego no município. “Parabenizo esse governo porque conquistamos a volta da Fábrica da Bohêmia para o município, a reabertura de galpões de fábricas fechados, a vinda de novas empresas, graças aos incentivos fiscais que estão gerando 600 novos empregos. O fomento no setor agrícola também vem sendo muito forte por meio das parcerias com o governo federal e do estado e ao esforço dos agricultores porque somente juntos vamos reverter a situação da agroindústria em Petrópolis. Assinar esse contrato é um feito que o prefeito Paulo Mustrangi está deixando na história do desenvolvimento agrícola de Petrópolis”, destacou Nelson Sabrá.

O secretário interino de Educação, João Carlos Raeder, ressalta a importância dessa assinatura tanto para os produtores quanto para os estudantes. “Esse é um instrumento de resgate social. O que era utopia, hoje é uma realidade. Estamos dando a oportunidade dos nossos alunos terem uma alimentação sadia e com qualidade, com gostinho da nossa terra”, declarou João Raeder.

Por conta de muitos anos sem incentivo, muitos agricultores já não viam perspectiva para continuar no campo, mas essa realidade está mudando. “Estou há mais de 50 anos no campo. O terreno da minha mãe passou para mim, hoje eu trabalho com o meu filho e os meus netos que já estavam pensando em desistir já começam a ver o campo como uma grande oportunidade. Fico muito feliz”, declarou o presidente da Apherj, Justo Mesquita da Costa.

Com os investimentos em todo o País, a agricutura vem crescendo e sendo grande gerador de emprego e renda. “Garantir que o produtor possa ficar no campo promovendo o meio ambiente e a tecnologia e mantendo os jovens na área rural é de grande magnitude. É um setor essencial para todos, tanto que hoje a agricultura tem um saldo comercial positivo de 220 bilhões de dólares. É a força do campo no País”, afirmou o presidente da Federação de Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Rio de Janeiro, Rodolfo Tavares.

Participaram da cerimônia de assinatura do convênio o presidente do Sindicato Rural (SindRural), Henrique Mesquita; o diretor da Apherj e do SindRural, Marco Ávila; a chefe do Núcleo de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação, Flávia Viana Motta; o supervisor local da Emater, Nelson Buarque Cavalcanti Júnior; o relações públicas da Agristar do Brasil, Vitor Hugo Soares Muller; os vereadores Thiago Damaceno, Renato Thomé e Jorginho Banerj; os produtores rurais; diretoras de escolas; e representantes da sociedade civil.

Faturamento do agricultor será maior em 2011

A intenção do governo municipal é de que no próximo semestre esse número seja ampliado, já que nesse primeiro momento os produtores irão fornecer 42,30% dos produtos da merenda e em 201 espera-se agregar mais de 50 agricultores familiares, gerando um faturamento de R$ 400 mil.

O contrato é semestral e os produtos serão fornecidos seguindo o cardápio desenvolvido pelo Núcleo de Alimentação Escolar coordenado pela nutricionista Flávia Viana Motta, de acordo com as necessidades nutricionais dos estudantes. Os alimentos serão entregues diretamente nas escolas, com qualidade e com a aprovação dos responsáveis pela merenda de cada unidade escolar. O programa também incentiva o produtor familiar a se regularizar, já que para participar do convênio é preciso cumprir requisitos e padrões de qualidade.

“Nós produtores já estamos nos organizando para aumentar a produção e poder ampliar a quantidade de produtos à merenda escolar. Há muito tempo buscamos por isso, e agora conquistamos esse convênio que vai beneficiar muito o agricultor familiar. É um grande incentivo para o setor no município”, declarou Marco Ávila, da Apherj e do SindRural.

Investimentos no setor serão de 4 milhões

Os programas e projetos voltados ao pequeno produtor rural de Petrópolis já somam 2,5milhões em investimentos e a intenção é chegar aos R$ 4 milhões em 2011. A partir de ações como Venda Direta, Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Rio Rural, os produtores participantes já aumentaram a venda em 20% de 2009 para esse ano. Agora com o convênio com a Apherj, a STA e a Secretaria Municipal de Educação para fornecimento de produtos para a merenda escolar, a estimativa é de que esse número cresça entre 30% e 40%.

Venda Direta - É um programa de fomento à agricultura familiar que por meio do assentamento de bancas do produtor nos terminais de Corrêas e Itaipava. Implantado no primeiro semestre de 2009, gerava cerca de R$ 150 mil por ano. Em 2010, esse número dobrou, beneficiando um número maior de agricultores que faturam, em média, R$ 500 por dia por banca. A projeção do governo municipal é de que no próximo ano 50 agricultores participem do programa, aumentando para R$ 400 mil de faturamento anual global.

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) - Vem sendo desenvolvido em parceria com a Cobal e o Banco Rio de Alimentos do Sesc possibilitando reforçar a receita no campo e o atendimento a entidades filantrópicas do município. No ano passado, 18 agricultores familiares participaram do programa e hoje esse número subiu para 30 pequenos produtores. A meta é chegar a 50 agricultores em 2011 com uma bolsa de R$ 7 mil por produtor.

Rio Rural - Está em andamento, sendo produzidos os planos individuais por propriedade que têm previsão para serem concluídos em dezembro de 2010 para que os investimentos já comecem no próximo ano. São R$ 1,4 milhão destinados ao programa desenvolvido com a Emater e o Banco Municipal para infraestrutura, melhoria das condições de trabalho e harmonia com o ecossistema nas comunidades do entorno das bacias hidrográficas do Caxambu e Bonfim, com uma média de R$ 7 mil por agricultor.

Hortomercado José Carneiro Dias - Localizado em Itaipava, também será beneficiado com R$ 300 mil para pavimentação e iluminação. A verba conseguida por meio da emenda do senador Paulo Duque no valor de R$ 200 mil e mais R$ 100 mil de recursos do governo municipal vai possibilitar as melhorias que têm conclusão prevista para dezembro desse ano.
 

Fonte: Prefeitura Municipal de Petrópolis

 
 
 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2019 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda