1 1
Agricultura incentiva implantação de hortas

Com o intuito de promover saúde por meio de uma alimentação saudável e equilibrada, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente está intensificando a implantação de hortas em escolas e postos de saúde, bem como hortas caseiras e comunitárias por meio de parcerias entre as Secretarias de Educação, Saúde e Ação Social. Todas as formas de implantação de hortas em Quissamã fazem parte do “Projeto Alimentação Saudável ao seu Alcance”.

A Escola Municipal Professora Tânia Regina Paula está entre as seis escolas e creches municipais que possuem horta cuidada pelos funcionários e pelos alunos. O objetivo é usar o momento do plantio e o acompanhamento como aula prática e incentivar as crianças a se alimentar melhor através de verduras e legumes que são inseridos diretamente no cardápio escolar. “A existência de hortas em escolas só tem sentido se houver o envolvimento efetivo das instituições, sobretudo na disponibilidade de pessoal para cuidar da plantação”, disse o técnico agrícola, Marcos Aurélio Barcelos, seguido pela diretora Ana Claúdia Barcelos, que explicou que os temperos são usados frequentemente, e as verduras e legumes são incorporados aos pratos, como por exemplo, a beterraba no feijão.

Já nos postos de saúde da família, o objetivo é ter disponível um local para ensinar a população a desenvolver as hortas a partir das técnicas de plantio e períodos adequados de plantação das mudas. Segundo o engenheiro agrônomo Nei Aleixo, as hortas em postos de saúde tem um viés de combate às doenças e de estímulo aos pacientes para implantar uma em sua própria casa. É realizado um cadastro no próprio posto de saúde e partir de então a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente doa as mudas,  fornece acompanhamento técnico e faz a preparação da terra, enquanto a Secretaria de Saúde disponibiliza materiais como canos, enxadas, enxadões, ancinhos, bombas d’água, mourão, pás, etc., além de orientação nutricional. Nos PSF’s de Matias, Santa Catarina e Caxias, onde há hortas, a população se reveza para cuidar da manutenção.

Nos programas de geração de trabalho e renda em parceria com a Secretaria de Ação Social é feita a implementação de hortas comunitárias nas propriedades que são indicadas pelos assistentes sociais, para uso comercial e comunitário.

“É importante trabalhar em parceria com as secretarias, pois podemos realizar um trabalho mais efetivo e de qualidade englobando todas áreas distintas”, ressaltou   o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Ricardo Pedruzzi.

A Secretaria de Agricultura ainda realiza um trabalho de incentivo a hortas caseiras privadas, onde entra com a Patrulha Agrícola, para o preparo da terra,  confecção de canteiros e disponibilização de adubo e, assistência técnica. Neste programa o proprietário entra com a terra e a mão-de-obra para o desenvolvimento da produção. Atualmente são 200 hortas caseiras, sendo 100 com acompanhamento periódico e 100 com acompanhamento inicial, onde o pequeno produtor consegue dá prosseguimento sozinho.

De acordo com o diretor do Horto Municipal, Rael de Oliveira, em média são disponibilizadas cerca de 100 bandejas de mudas com 128 unidades que dá para o plantio de mais ou menos 1.000m² por mês.

“Quando assumimos a Secretaria já existia o programa de hortas. O que nós fizemos foi organizar e redirecionar pessoal para melhorar e dar o prosseguimento adequado. Agora em 2010 estamos recebendo ajuda da Saúde para os materiais que faltavam”, finalizou Pedruzzi


Fonte: Assesoria de Imprensa

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2019 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda