1 1
O armazenamento correto do hortifruti

Manter os equipamentos do setor de hortifrúti sempre limpos e com a manutenção em dia reduz perdas, economiza energia elétrica e amplia a segurança alimentar.

Os cuidados especiais com os equipamentos da seção de hortifrúti auxiliam na preservação das características orgânicas e sanitárias dos alimentos. Refrigeradores, expositores ou balanças em boas condições fazem com que a seção tenha uma operação eficaz, com redução de problemas em seu dia-a-dia.

Dicas de preservação dos equipamentos, cuidados e procedimentos que devem ser adotados para manter eficientes as câmaras frias e os equipamentos de refrigeração:

As câmaras frias destinadas ao armazenamento de hortifrútis devem ficar na parte interna da seção do estabelecimento, para manter os produtos em perfeitas condições de consumo. A limpeza dos equipamentos deve ser feita sempre de acordo com as orientações dos fabricantes.

 

Periocidade

A temperatura dos equipamentos deve ser monitorada diariamente.

A limpeza dos drenos deve ser diária, para evitar não só a formação de gelo e descongelamentos desnecessários, mas também para economizar energia elétrica.

Semanalmente, toda a área interna dos equipamentos deve ser limpa para a retirada de resíduos, que podem colocar em risco a segurança alimentar dos produtos expostos.

A cada 15 dias, os balcões refrigerados devem ser descongelados e passar por uma limpeza geral.

 

Cuidados

O perfeito funcionamento dos balcões refrigerados vai depender principalmente dos seguintes fatores: Não ficarem expostos a correntes de ar nem a fontes de luz excessivamente quentes ou à radiação solar.

Não utilizarem lâmpadas quentes, porque a iluminação de grande intensidade provoca aumento sensível na temperatura dos produtos e pode alterar a coloração deles.

Não ficarem próximos de ventiladores.

A limpeza desses equipamentos também deve seguir regras básicas, estipuladas pelos órgãos de vigilância sanitária federal, estaduais ou municipais.

A limpeza só pode ser feita com:

  • Produtos certificados, que tenham autorização do Ministério da Saúde e da Anvisa.
  • Não devem ser usados produtos domissanitários, ou seja, aqueles de uso doméstico que tenham sabor, odor e perfumes.
  • O ambiente de manipulação do hortifruti precisa estar sempre limpo, com temperatura estável e atender às normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária, como a Portaria CVS-6/99, de 10.03.99. Os hortifrútis manipulados podem ficar armazenados em câmaras de estocagem e em balcões refrigerados com umidade relativa do ar de 80%.

Nesses equipamentos, a temperatura deve se manter em torno de 10ºC. Quanto maior for a temperatura no interior desses equipamentos, menor será a umidade relativa dor ar, e vice-versa.

 

Sinais de alerta

A limpeza e a manutenção dos equipamentos para hortifrútis são fundamentais para manter os produtos em perfeitas condições de consumo. Se os equipamentos não estiverem funcionando de acordo, esses produtos podem se deteriorar rapidamente. Para as frutas e legumes, os primeiros sinais de que estão entrando em processo de deterioração são:

Escurecimento da casca.
Amolecimento da estrutura.
Murchamento.
No caso das verduras, primeiro elas ficam murchas e em seguida suas folhas escurecem.
 

 

Higienização das hortaliças

 

Antes de mais nada, as folhas devem ser selecionadas, separando-se as que apresentam manchas, ou pequenos buracos (sinal que algum bichinho, como caramujo ou lesma comeu).

Depois devem ser lavadas uma a uma em água corrente com cuidado, fazendo-se movimentos com as mãos de cima para baixo, para que as sujidades maiores como terra, caramujos, outros bichinhos possam ser retirados.

Em seguida deve ser preparada uma solução clorada com 1 litro de água, adicionando 10 ml (1 colher de sopa rasa) de água sanitária a 2,5%.

A água sanitária deve ser sem perfume e com recomendações para uso em alimentos.

Para as empresas, existe cloro em pó, que deverá ser utilizado conforme as recomendações do fabricante.

Colocar as folhas já lavadas de molho na solução de água clorada por 15 minutos.

A solução tem como objetivo eliminar os microrganismos!

Após 15 minutos, as folhas devem ser enxaguadas para retirar o excesso de cloro.

Após a imersão em solução de cloro, pode-se deixar as folhas de molho em solução de vinagre por 5 minutos (1 colher de sopa de vinagre para cada 1 litro de água).

Posteriormente, as folhas devem ser enxaguadas com água para retirar o excesso de vinagre, e evitar que estes murchem.
 

 

Mitos e verdades

O vinagre não mata os microrganismos!

A solução clorada de vinagre aumenta a tensão superficial e então retira alguns possíveis ovos de vermes, larvas ou lagartas que tenham restado nas folhas.

O produto que mata os microrganismos é o cloro!
 

 

Higienização de frutas, legumes e ovos

 

Assim como as hortaliças, as frutas e legumes também podem conter terra e outras sujidades. Na terra podem estar presentes microrganismos, que são prejudiciais à saúde dos consumidores.

Por outro lado, esses alimentos também podem conter resíduos de agrotóxicos que, apesar de não fazer mal à saúde imediatamente, podem ficar acumulados no organismo, causando males no futuro.

Por isso, devem ser muitos bem lavados com água corrente antes de ser consumidos e, no caso dos legumes, pode-se lavá-los com uma escovinha, para auxiliar na retirada dos resíduos orgânicos (principalmente terra).

Porém, se você for consumir a fruta ou legume sem casca, basta lavá-los anteriormente muito bem com água corrente.

Com relação aos ovos, recomenda-se lavá-los antes do uso, para que eventuais sujidades, ou fezes de aves sejam retiradas.


 

Vale a pena saber!

Se a hortaliça for refogada, não há necessidade de deixá-la de molho na solução clorada.

Esses procedimentos valem para as hortaliças que serão consumidas cruas.


 

Conhecendo um pouco da Alcachofra um dos vegetais mais completos!

A alcachofra além de deliciosa traz vários benefícios para o organismo. Este vegetal em formato de flor foi cultivado durante muito tempo como flor decorativa. As partes comestíveis se resumem à parte carnuda das extremidades das escamas ou pétalas (brácteas) e o fundo da alcachofra.

A alcachofra é muito saudável. Os benefícios da alcachofra estão unidos a seus fortes minerais importantes: fósforo, cálcio, potássio. Igualmente contém vitaminas: B1, B3 e E. Inclui ácido cloro gênico, que é um bom antioxidante; esteróis, que limita a absorção do colesterol por parte do intestino. A alcachofra é uma hortaliça que tem água em sua composição. Também inclui uma boa proporção de fibra. Os hidratos de carbono, proteínas e pequenas quantidades de gordura, são os elementos que completam, em essencial, a composição da alcachofra.

Contém também a ciarina excelente regulador do fígado e da vesícula. Estimula a digestão e combate a prisão de ventre. É também um excelente controlador do apetite, pois colabora na liberação de glicose no sangue aos poucos, controlando o apetite. A água do cozimento é um chá efeito diurético estimulante da vesícula biliar e também ativador da digestão. Além de todos esses benefícios, possui baixa caloria, cada 140g (uma alcachofra) possui 62 calorias e zero colesterol.

Diante todos esses benefícios, não podemos ficar sem consumir a alcachofra por não saber comprá-las ou prepará-las. Uma dica para comprar uma boa alcachofra é verificar se ela tem bom peso e se as folhas estão bonitas, novas, frescas, grandes, firmes e com cor acentuada. Devem ser consumida, logo depois de compradas, pois a geladeira as conserva por apenas 3 dias, se passar deste tempo começa a murchar e perder o sabor. No Brasil, a safra da alcachofra acontece entre agosto a dezembro, excelente período para ser consumida com preço mais acessível.

O modo mais simples de preparar a alcachofra é usando a panela de pressão. Coloque a alcachofra, dois dedos de água, e uma pitada de sal, deixe na pressão por 10 a 12 minutos. Faça um molho com azeite, sal e vinagre. Retire as folhas da alcachofra, mergulhe a extremidade da folha (pétala) neste molho e a consuma. Descarte os espinhos externos do fundo da alcachofra, que é a parte mais carnuda. Após temperar o fundo da alcachofra com o mesmo molho, é só degustar e desfrutar os benefícios deste maravilhoso vegetal.


Fonte: Site Hortifruti Costa
Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda