1 1
Com criação da Abrabio, agricultores familiares querem mais força no mercado

Associação é defendida para gerar mais representação da classe e unir produtores

Cerca de 50 representantes de organizações, empreendimentos e redes de agricultores familiares do país se reúnem em Brasília até esta quinta, dia 9, para a criação da Associação Brasileira da Agricultura Familiar Orgânica, Agroecológica e Agroextrativista (Abrabio). Os integrantes da associação, que deverá ser composta por um conselho administrativo e um fiscal com oito cargos efetivos e três suplentes, serão definidos nesta quinta.

Segundo os agricultores, o objetivo da instituição não governamental é fortalecer o grupo perante o governo e o mercado nacional e internacional.

– Também é uma forma de ficarmos mais unidos. Queremos somar forças sem considerar se os grupos já são consolidados no mercado ou não, se são ribeirinhos, agricultores tradicionais, porque a ideia é criar um elo com as cooperativas de Norte a Sul – afirma a presidente da Cooperativa dos Beneficiários Artesanais de Castanha-de-Caju (Coopercaju), Tereza Oliveira.

O agricultor Orélio Araújo, da Rede de Comercialização Solidária de Agricultores Familiares e Extrativistas do Cerrado, acredita que por meio da associação, os produtores terão mais oportunidades de articular políticas públicas.

– Às vezes, um problema que há em um Estado também existe no outro e, juntos, a gente descobre isso e pode buscar meio de mudar a situação para todos, não só para um lugar – explica.

A associação também deverá representar o interesse comercial da agricultura familiar no exterior.

– Individualmente, eles não conseguem participar dessas feiras fora do país, mas coletivamente, como associação, têm mais chance de expor e vender os produtos lá fora – diz o diretor de Geração de Renda e Agregação de Valor do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Arnoldo Campos.

Os agricultores que participam do 2º Encontro Nacional de Agricultura Familiar Orgânica  representam 18 Estados e mais de 15 mil famílias. O grupo exporta 300 produtos para mais de 15 países.


Fonte: Agência Brasil
 
 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda