1 1
Abcsem discute comércio ilegal de sementes com o Mapa

Engajada no combate à pirataria de sementes e ao uso de F2, a associação tornou-se referência de atuação no setor e realizará, em parceria com o Ministério da Agricultura, ações contra esta ilegalidade   

 

A Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (Abcsem), enquanto entidade representante do segmento auxiliará o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a traçar estratégias de atuação voltadas para a realidade específica da cadeia. A decisão foi tomada em reunião técnica sobre a qualidade dos insumos agropecuários realizada em setembro pelo Mapa, na Casa da Agricultura, durante a Expointer, em Esteio/RS. Durante a mesma, a Abcsem discutiu temas relacionados a diversos insumos agrícolas e, entre eles a semente; representada por sua vice-presidente, Adriana Pontes.

 

“Nós nos comprometemos, de comum acordo, a inserir esta questão na agenda positiva que estabelecemos com o Ministério, para debater o tema e buscar possíveis soluções de forma periódica, durante as reuniões em Brasília/DF. Assim, todas as denúncias que surgirem poderão ser feitas não apenas por meio da ouvidoria, mas também poderão ser expostas pessoalmente, durante as reuniões”, explica a vice-presidente. 

 

Comércio ilegal – Dentro do tema sementes discutiu-se, de modo especial, a questão da pirataria e as possíveis soluções para o setor. Segundo Adriana Pontes, após relatar um histórico dos problemas que o setor vem enfrentando há bastante tempo com relação à pirataria de sementes e ao uso de F2, ela questionou os representantes do Ministério da Agricultura sobre as estratégias de combate ao comércio ilegal de sementes e mudas para o setor. “Mas, como o Mapa possui forte atuação no que se refere às grandes culturas, segundo eles, não há ainda nenhum plano de ação definido para abordar a questão no setor de horticultura”, revelou.

 

Ainda de acordo com Adriana, “a participação da Abcsem foi bastante importante e significativa pelo nível de pessoas que participaram e pela importância do tema debatido. Além disso, é importante relatar que de todas as entidades presentes, a Abcsem é a única que mantém uma agenda positiva com o Ministério, especificamente com o DFIA, que inclusive convidou as demais entidades a adotarem esta mesma postura, tendo a Abcsem como exemplo”, destacou.

 

Participaram da reunião diversas entidades representando vários elos da cadeia produtiva dos insumos agropecuários, com o objetivo de promover a discussão de temas de interesse do governo e da iniciativa privada, entre eles: Agrotóxicos – Registros de Genéricos; Fertilizantes, Corretivos e Inoculantes – Qualidade dos Insumos; Sementes – Pirataria e Organismos Geneticamente Modificados (OGM) no Brasil; Produtos Veterinários – Uso responsável; e Alimentos para Animais – Aditivos.

 

Também estiveram presentes autoridades do Ministério da Agricultura de Brasília: Girabis Evangelista Ramos, diretor do Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas (DFIA) e José Neumar Francelino, coordenador de Sementes e Mudas do DFIA, além do Superintendente Federal de Agricultura do Rio Grande do Sul, Francisco Natal Signor.

 

 

O trabalho não pára – Vale lembrar que a Abcsem ainda contribui intermediando e acompanhando denúncias feitas ao Mapa e à Ouvidoria. E que este assunto está em pauta para ser trabalhado pelo Comitê de Marketing da associação – que pretende realizar ações concretas e de impacto, renovando a antiga campanha da Abcsem contra o uso de F2 e sementes piratas – bem como pelo Comitê Técnico, que também desenvolve ações visando enfatizar a importância da fiscalização junto ao Mapa.

 

Além disso, a Abcsem também tem viabilizado discussões sobre os malefícios do comércio ilegal de sementes e mudas por meio do intenso trabalho junto aos órgãos de imprensa. Pois o objetivo não é atingir apenas os produtores de sementes, viveiristas e produtores rurais, que são afetados de forma direta, mas também toda a sociedade, que consome o produto final e que deve ter seu direito de acesso a produtos de qualidade e à segurança alimentar, assegurados pela cadeia produtiva.

ArtCom Assessoria de Comunicação
Contatos: (19) 3237-2099
Isabella Monteiro – isabella@artcomassessoria.com.br
Marlene Simarelli – marlene@artcomassessoria.com.br
Daniela Mattiaso - daniela@artcomassessoria.com.br


Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda