1 1
CNPq aprova criação do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agroecologia do campus Sorocaba da UFSCar

Trabalho terá como foco a capacitação de agricultores familiares

O campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) passa a contar com o Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agroecologia "Semeando a Sustentabilidade no Médio Tietê". A proposta de trabalho foi selecionada e aprovada pelo Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no âmbito da Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural. O Núcleo dará capacitação e apoio junto a grupos de agricultores, instituições públicas e privadas e terceiro setor da região de Sorocaba.

Segundo o coordenador do Núcleo e docente do curso de Engenharia Florestal da UFSCar, Fernando Silveira Franco, o grupo é formado por docentes, estudantes de graduação e pós-graduação e pretende contribuir para a construção de alternativas sustentáveis para o desenho e manejo de Agroecossistemas. Com base no conhecimento técnico e acadêmico desenvolvido na Universidade, o trabalho do Núcleo será focado na troca de experiências. "Vamos trabalhar de forma conjunta, valorizando o conhecimento e as aspirações da população local, visando o aprimoramento da produtividade e a geração de renda, com a conservação dos recursos naturais, como a água, o solo e a biodiversidade", explica o docente.

O projeto teve como justificativa a análise das consequências ecológicas, econômicas e sociais da modernização da agricultura em São Paulo, bem como no Brasil como um todo, aliadas à crescente pressão internacional pela preservação da biodiversidade. Franco afirma que os sistemas produtivos orientados segundo os pressupostos da agroecologia geram impactos sociais e ambientais distintos do padrão convencional. Segundo ele, "o primeiro beneficiado em adotar a prática da agroecologia é o agricultor e, indiretamente, toda a sociedade".

O trabalho do Núcleo abrangerá os sistemas agrícolas das cidades de Sorocaba, Piedade, Iperó, Ibiúna, São Roque e Porto Feliz. Embora algumas cidades sejam altamente industrializadas, os pequenos municípios ao redor de Sorocaba e de toda a região administrativa, têm uma economia voltada principalmente para a pequena agricultura. Segundo dados do IBGE (Censo Agropecuário 1995/1996), 76,4% dos estabelecimentos agropecuários dessa microrregião são de origem familiar, com municípios, como os de Pilar do Sul, Ibiúna e Piedade, em que esses percentuais ultrapassam os 80%.

A primeira atividade do Núcleo será a realização de uma Oficina de Planejamento, provavelmente em março de 2011, com a função de identificar e de receber os agricultores, sindicatos de trabalhadores rurais, associações de produtores, instituições, ONGs, prefeituras, escolas e movimentos sociais interessados pela atividade. Mais informações poderão ser obtidas pelo e-mail fernandosf@ufscar.br.
 

Fonte: Comunicação Social da Universidade Federal de São Carlos  


 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda