1 1
Suco de melancia é alternativa de bebida funcional

Consumida no mundo inteiro, a melancia é muito rica em fito nutrientes como o licopeno, precursor do betacaroteno, um carotenóide de grande interesse pela sua capacidade antioxidante evitando danos oxidativos e perda de função celular. A melancia é também uma fonte rica em aminoácidos como o L-citrulina – forte antioxidante.

Experimentos em laboratório demonstraram a transformação de citrulina em arginina nos rins de camundongos. Arginina é um aminoácido essencial muito importante para os sistemas reprodutivo, respiratório, renal, gastrointestinal, hepático e imunológico. Até pouco tempo a comunidade científica não tinha muito interesse no aminoácido L-citrulina – visto somente como não proteico e participante do ciclo da uréia. O aminoácido L-citrulina é quase ausente dos alimentos frescos  – a melancia é uma exceção notável. O elevado conteúdo de L-citrulina é que torna a planta resistente a ambientes secos e inclementes.

As suas propriedades antioxidantes, associadas à habilidade de produção de óxido nítrico, torna a citrulina um excelente candidato para o tratamento de situações patológicas decorrentes de estresse oxidativo e de diminuição da disponibilidade de arginina como hipertensão, falhas cardíacas, arteriosclerose e outros.

Outros benefícios da ingestão de L-citrulina são a melhoria do desempenho atlético pela síntese do óxido nítrico e melhoria do transporte da glicose nos músculos estriados. Ficou demonstrado que o malato de citrulina aumenta os níveis de arginina e ornitina (importantes para o crescimento do músculo) e influencia os níveis do hormônio de crescimento. 

Um estudo feito na Espanha investigou o potencial do suco de melancia como bebida funcional para atletas. A melancia é rica em L-citrulina, um aminoácido que pode ser utilizado na redução de dor muscular. Foi feita a comparação da absorção intestinal in vitro da L-citrulina (biodisponibilidade) na forma de suco de melancia pasteurizado e não pasteurizado, padrãod e L-citrulina e controle. O melhor resultado, de maior absorção de L-citrulina foi o do suco de melancia sem pasteurização.

Foi feita ainda a comparação entre o desempenho de sete atletas, submetidos a diferentes tratamentos: 500 ml de suco natural de melancia (1,17 g de L-citrulina), suco de melancia enriquecido (4,83 g de L-citrulina mais 1,17 g de L-citrulina do suco de melancia) e placebo.  Ambos os sucos ajudaram na recuperação das batidas cardíacas e dor muscular depois de 24 horas.

Esta na hora dos produtores e atacadistas de melancia brigarem pelo espaço da melancia no grande mundo dos isotônicos.

 

Fonte: Jornal Entreposto

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2019 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda