1 1
Brasil e Chile cada vez mais perto do livre comércio

No dia 19 de outubro, foram concluídas as negociações para um acordo de livre comércio entre o Chile e o Brasil. O termo deve ser assinado até o final do ano e tem o objetivo de impulsionar os fluxos de comércio e investimentos entre os países, tanto nos setores de bens, quanto de serviços.

O país chileno se consolidou, por exemplo, como o principal fornecedor de frutas secas para o Brasil. De acordo com os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDCI),  representa cerca de 24% do total de frutas secas importadas no mercado brasileiro.

O Chile é um dos principais países de onde vêm os produtos para serem comercializados aqui no maior mercado atacadista da América Latina e o terceiro maior do mundo, a CEAGESP. De acordo com a Companhia, no ano de 2017, foram vendidos mais de 29 mil toneladas de alimentos de origem chilena. Os principais itens ficam por conta da maça, kiwi, uva, além do salmão.

 

Fonte: CEAGESP

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda