1 1
Okamotto defende difusão de conhecimento no agronegócio

Presidente do Sebrae prega mais esforços para levar informação e serviços de gestão para pequenas propriedades rurais

Trocar experiências, refletir sobre atuações e prever possíveis cenários para o setor agrícola nos próximos anos. Esses são os principais objetivos da ‘Semana Sebrae do Agronegócio 2010’, que teve início nesta terça-feira (4), em Brasília. “Precisamos de reflexões como essas para que possamos elaborar e disseminar cada vez mais conhecimento”, disse o presidente da instituição, Paulo Okamotto, durante a abertura do evento, que prossegue até quinta-feira (6).

Segundo ele, existem hoje no setor gargalos difíceis de serem resolvidos. “Temos de ficar atentos, por exemplo, nos setores que tem fortes oscilações no mercado, como o leite e o café”, afirmou. Okamotto anunciou que, em breve, o Sebrae, em parceria com a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), irá levar gestão para as propriedades rurais, transformando-as em empresas.

O presidente ressaltou que a instituição precisa estar atenta a eventuais mudanças a serem enfrentadas pelo agronegócio nos próximos anos, como, por exemplo, o êxodo rural. “Precisamos discutir sobre os instrumentos de mercado e de conhecimento, desenvolver estratégias, discutir políticas públicas e investir em pesquisas para podermos sair da agricultura arcaica”, afirmou.

Para o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, o evento é a oportunidade de dar voz e vez para os produtores e lideranças e de compartilhar experiências. “O evento representa um esforço de trabalho, com compartilhamento de reflexão e boas práticas”, disse. O diretor ressaltou ainda o crescimento que o setor teve no país em 2009 e apresentou a programação dos três dias de encontro. “Serão apresentadas, aqui, experiências inovadoras. São experiências concretas do que pode ser feito”. O diretor levantou a possibilidade de o evento acontecer anualmente.

A diretora de transferência de tecnologia da Embrapa, Fátima Deane, falou da necessidade do Sebrae e da Embrapa se aproximarem ainda mais. “O futuro das duas instituições devem estar mais entrelaçados”, disse. Para o assessor especial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Milton Ortolan, que esteve na abertura representando o ministro Wagner Gonçalves Rosi, o evento é significativo e importante para o setor. “A Semana Sebrae de Agronegócios vem somar a outras ações que vem sendo conduzidas para o agronegócios”.

O embaixador do Senegal no Brasil, Fôdi Sick, ressaltou o importante relacionamento que seu país tem com o Brasil, na área de agricultura em geral. Ele falou também sobre a importância do Sebrae para o desenvolvimento do país. “Minha vinda ao Brasil é em busca de aproximação entre Sebrae e as instituições similares do Senegal”, afirmou.

Lançamento – Ainda durante a solenidade de abertura do evento foi lançado o catálogo de Hortaliças Brasileiras. A publicação é resultado da parceria técnica entre Sebrae e Embrapa Hortaliças. “O catálogo traz alternativas por região e por período. "Trata-se de um produto de conhecimento, tecnologia e de forte impacto de mercado", explicou o gerente da Unidade de Agronegócios do Sebrae, Paulo Alvim. A publicação estará disponível para download, a partir de hoje, no portal do Sebrae.

Serviço:
Unidade de Agronegócios do Sebrae
Semana Sebrae do Agronegócio 2010 - de 4 a 6 de maio em Brasília (DF)

Fonte: Agência Sebrae de Notícias
 

 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda