1 1
6 dicas para as rosas durarem mais

Flores são uma ótima opção de presente, em qualquer ocasião. Entre os tipos preferidos, as rosas são imbatíveis. A cidade de Andradas (MG) tem se destacado na produção de rosas em grande escala e variedade. Especialistas deram 6 dicas de como fazer as rosas durarem mais. Confira:

1- Material
Use sempre a tesoura de poda ou faca sem serra para cortar a base das rosas. As tesouras comuns e facas serrilhadas machucam a planta durante o corte da haste, expondo a flor às bactérias. O corte na haste deve ser de 3 cm e de forma diagonal.

2- Vaso
O vaso escolhido para colocar as flores deve ser lavado com água e detergente antes de ser usado. É indicado colocar as rosas nos de vidro, transparentes, pois eles permitem ver quando a água fica turva e precisa ser trocada. Após o uso, os vasos devem ser novamente lavados com água e detergente.

3- Cuidados com a água
A água é um excelente local para o desenvolvimento de bactérias. Para evitar que elas se proliferem muito rápido, a dica é utilizar um conservante. O produto tem um alimento para as flores. A sujeira pode “entupir” o caule da rosa e comprometer a absorção.

As rosas preferem a água gelada, mas não é preciso colocar gelo no vaso. Não fará diferença.

4- Folhas
Não deixe as folhas das hastes em contato com a água. Elas também favorecem a proliferação das bactérias. Tire as folhas.

5- Conservantes
Nas floriculturas ou casas especializadas, é possível comprar conservantes próprios e prontos para ser usados. Estes já vêm com alimentos para as flores. Nesse caso, é só seguir as instruções da embalagem para misturar e usar. Em casa, também é possível fazer conservantes.

Receita de conservante caseiro para rosas: em 1 litro de água, misture 1 colher de chá de água sanitária e meia colher de chá de açúcar. Se preferir, no lugar da água sanitária, coloque vinagre branco. O açúcar fornecerá energia para a planta, mas lembre-se de colocar sempre na medida.

6- Ambiente
Escolher o lugar onde o vaso será colocado também é muito importante: nunca deixe as flores próximas às frutas, pois elas soltam um gás chamado etileno, que é prejudicial às rosas. Ele deixa as pétalas amareladas e envelhece a flor.

Vento e sol também são inimigos. Não molhe as flores, pois isso pode gerar mofo nas pétalas. A temperatura do ambiente é fundamental. As rosas duram mais quando expostas a temperaturas baixas, entre 10 ºC e 20 ºC. O calor acelera o fim das flores no vaso.

Fonte: Globo Rural 

Busca:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2021 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda